Buscar

Illusionize fala sobre "X", referências e expectativas para sua apresentação na 4Ü Sunset Festival


No próximo domingo, dia 28.4, Illusionize faz sua primeira apresentação do ano em Porto Alegre. Ele volta a se apresentar em um dos nossos eventos, após o sucesso que foi a última apresentação na Cathedral em maio de 2018. Confira a entrevista exclusiva:



Oi Illusionize, obrigada por conversar com a gente! Dia 28.04 você retorna a Porto Alegre, para uma apresentação inédita na 4Ü Sunset Festival. Como estão tuas expectativas?


Illusionize: Olha, por todas as experiências que tive com expectativa... Hoje em dia, eu não tenho, porém, estou muito animado!! Muito mesmo! E com pensamento positivo, é claro!! Amo tocar no Sul, sempre sou muito bem recebido por todos e, me enche de alegria ver a sintonia que tenho com todos, sempre que toco aí!! Desse vez, não será diferente.


O último evento da Cubb Eventos que você se apresentou foi a Cathedral em maio do ano passado, que inclusive foi Sold Out. Como você descreveria o seu crescimento como artista nos últimos meses, e depois do lançamento do último álbum "X"?


Illusionize: O começo de 2019 tem sido incrível para mim. Em janeiro me apresentei pela primeira vez nos Estados Unidos no Holy Ship!, pouco depois tivemos o lançamento do “X” que foi um momento de descoberta pessoal, onde me dei conta de que, se me organizar, consigo lançar um álbum por ano e isso é um feito e tanto nos dias de hoje. Depois do lançamento do “X”, toquei no Lollapalooza Brasil pela segunda vez com um público muito receptivo e agora acabo de voltar de uma Tour na Ásia. Todos esses eventos que tem acontecido em minha vida foram frutos de muito trabalho e acabam acrescentando muito, não só para a minha carreira, como também na minha essência artística.


Como você descreveria o processo criativo do álbum "X"?

Illusionize: O “X” nasceu após eu perceber que faltava um mês para eu completar 10 anos de carreira e eu percebi que precisava fazer algo especial, por ser um marco na minha carreira. Foi quando eu vi que possuía algumas músicas que poderiam se encaixar em um álbum. Para criar ele busquei inserir toda a minha identidade que fui criando ao longo dessa trajetória e o resultado é um álbum composto pela minha essência. E nesse lançamento eu me envolvi ainda mais, pois foi a primeira vez que também participei da criação da capa, que foi uma pintura que, para mim representa o universo e tudo que está inserido nele. De maneira geral, descreveria o processo de criação desse álbum como uma volta a minha essência e entrega como artista.


A recepção do público em cima desse álbum superou as tuas expectativas?

Illusionize: A recepção do público me surpreendeu desde o princípio com o lançamento de “ Down”, que foi o primeiro single do álbum e que alcançou milhões de plays no YouTube muito rápidamente. Quando lançamos o álbum no Beatport, ele foi número 1 no Top 10 releases do ranking do gênero e, no último mês, a minha track favorita, a “Desande”, bateu mais de um milhão de visualizações no YouTube de maneira totalmente natural. Falado tudo isso, acho que só posso resumir que, desde o lançamento, tenho me emocionado com a receptividade.


Como você produz suas tracks? Começa com a melodia, bateria, break , drop?

Illusionize: Olha... é bem relativo, mas sempre começo pela bateria, depois vou colocando todas as ideias que vem no “papel”.

Engraçado que, sempre que vejo, a música a música tã pronta hahaha.

Até parece que baixa o chico xavier hahaha


Qual teu vst favorito? Você é adepto do uso de sample packs e presets ou geralmente sintetiza todos os sons?

Illusionize: Massive e sylenth1... são os que eu mais gosto e uso.

Sou adepto de sample, só que não sou muito adepto de loop’s.

Geralmente eu sintetizo, mas as vezes uso um preset modulado tbm.


Você tem algum ídolo que gostaria de trabalhar no futuro?

Illusionize: No futuro próximo eu gostaria muito de poder trabalhar com alguns nomes como Chris Lake, Claude VonStroke e Tujamo.


A respeito das suas influências musicais, o que você está ouvindo no momento?

Illusionize: Normalmente escuto músicas completamente diferentes do que toco… Artistas como Tora, Two Feet e Imagine Dragons.


Qual festival você sonha em tocar?

Illusionize: Coachella!! É um dos festivais que mais sonho em tocar.


Manda um recado pra galera do Sul que está contando os dias pra curtir sua apresentação na 4Ü:

Illusionize: Por escrita é até estranho... mas, só posso dizer que vou bombardear todo mundo com muito GRAVE... rsrs

Tem muita bomba nova saindo do forno, e o negócio tá bom demais!!!

PENSE FORA DA CAIXA.

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon